ÚLTIMAS POSTAGENS

Tá Solteira? Veja vantagens exclusivas da solteirice!

Quer ficar por dentro de mais algumas vantagens que você pode explorar durante a sua solteirice?


Nada de dar satisfação sobre o que você faz

'A cobrança feita por outra pessoa pode sufocar e incomoda bastante. Por isso, ficar sozinha pode ser algo precioso para quem não gosta de dar satisfação, podendo decidir o que fazer sozinha', opina Letícia Guedes, psicóloga e membro da Associação Brasileira de Psicoterapia e Medicina Comportamental (ABPMC).

Não precisar cumprir as obrigações familiares

'Uma vantagem de estar solteira é não ter a obrigação de cumprir com as obrigações familiares aos finais de semana. São muito comuns nos namoros, aqueles rituais de almoço aos domingos com toda a família do respectivo e, às vezes, até da garota. De certa maneira, no namoro são vividos também hábitos de uma vida de casados, o que pode ser algo bem chato em determinados momentos da relação', analisa Juliana Bonetti, psicóloga especializada em sexualidade.


Nada de sofrimentos por não ser a esposa ideal

'Mulher solteira e sem filhos não carrega aquela culpa por não se sentir a esposa ideal, a melhor cozinheira, não ter o ideal de beleza, a melhor mãe do mundo etc. Todos papéis esperados e cobrados da mulher atualmente em uma sociedade que espera 100% de desempenho. Envolvida em vários papéis, a mulher sofre constantemente por não poder ser perfeita e não fazer tudo com maestria', avalia a psicoterapeuta e psicóloga clínica Triana Portal, membro da Sociedade Brasileira de Psicologia.

Pode engordar uns quilinhos sem o peso do olhar do outro

'A mulher solteira pode engordar alguns quilinhos sem o peso do olhar do outro. Ela pode ainda malhar o tempo que quiser, afinal, ninguém a espera em casa. Não precisa esconder chocolates no armário, ou aquela última compra que fez por puro impulso, bem como assumir sua própria bagunça sem se importar com ela. A pessoa solteira também não vive tensa com o futuro, pois quando se está 'sozinho' normalmente se é mais relaxado. Isso porque as preocupações são próprias e não envolvem o outro', opina Regina Racco, colunista de amor e sexo do Tempo de Mulher.

Sem aquela ciumeira chata de relação

'Este talvez seja um dos sentimentos mais complicados de lidar. O ciúme enfraquece a relação e desgasta qualquer pessoa. É comum ouvir alguém dizer que prefere ficar solteira, que namorado é como uma obrigação porque tem de dar atenção e ficar o tempo todo demonstrando que você gosta realmente da pessoa. Embora esse sentimento seja importante numa relação, deve ser moderado. E para evitar momentos contrários é que as pessoas procuram ficar sozinhas', avalia a psicóloga Letícia Guedes, que ministra cursos de terapia sexual só para mulheres e trabalha com terapia de casais.

A liberdade do mundo é apenas sua

'Outra vantagem é ter toda a liberdade do mundo. Poder sair com as amigas e com os amigos, ir para qualquer lugar que desejar sem ter a obrigação de negociar com o outro uma programação que não lhe é agradável. Além de viajar sem ter de dar satisfação alguma. Enfim, sair sozinha, poder dedicar o tempo que sobra do dia a dia corrido para estudar ou trabalhar etc', explica Juliana Bonetti.

Estudar fora e fazer cursos sem ter de se preocupar com nada

'Sendo solteira, a mulher pode continuar os estudos, fazer pós-graduação, cursos no exterior, participar de congressos, coisas que tomam muito tempo e que alguns maridos não entendem. Além disso, ela poderá aceitar convites de última hora dos amigos para 'happy-hours', viagens em feriados, férias, etc. Quando casada deverá satisfação e, além disso, terá compromissos familiares a atender, como almoços na casa dos sogros, batizados, aniversários de sobrinhos e outros', opina Triana Portal.

Não ter hora de voltar para casa

Outra vantagem em permanecer solteira é a possibilidade de ir à balada que quiser ou de simplesmente decidir por não sair, sem ter de consultar o outro. Isso se chama dar satisfação. 'Ninguém quer que decidam onde, quando e com quem devem sair. Ela pode decidir a hora que deseja voltar para casa ou simplesmente não ter hora para chegar. Ela pode sair com as amigas tranquilamente. Que homem não implica com isso ou que mulher não implica com esta situação? Quando se está solteiro (a) você pode sair quando, onde e com quem desejar. Esse é o lado bom de ser solteiro', afirma a psicóloga Letícia Guedes.


Conhecer pessoas interessantes

'A mulher solteira pode conhecer outras pessoas interessantes e se permitir novos encontros agora, sem os comportamentos pouco funcionais herdados do antigo relacionamento. É comum casais de namorados que, com o passar do tempo, se comportam sempre da mesma maneira sem ousar e mudar. Isto é uma maneira de acomodação que faz com que as relações se desgastem cada vez mais', diz Juliana Bonetti. 'Fazer contato com pessoas que não estão no ciclo de amizades é importante! É como trabalhar o ego, além de proporcionar alegrias', afirma Letícia.

Aceitar mudanças e desafios no trabalho

'Estar sozinha aumenta as possibilidades de aceitar desafios na carreira, como mudança de cidade, viagens, horários e escala de trabalho pouco convencionais. Poder deixar sua casa do jeito que quer, bancar sua bagunça, sua geladeira vazia ou sua mania de comer 'junk food' à noite. Lembre-se que mesmo nos dias de hoje e com todo o discurso de modernidade, espera-se da mulher que ela cumpra os afazeres domésticos e a administração das demandas do lar', explica a psicóloga clínica e psicoterapeuta Triana Portal.

Solteirice: período de autoconhecimento

A solteirice pode ser um período de autoconhecimento, uma fase para a mulher estar na companhia dela mesma. 'Um momento para entender o que se quer de uma relação, quais as prioridades na escolha de um parceiro, fazer uma reflexão sobre a própria sexualidade, os afetos e o que ela deseja para os próximos anos. Ela poderá ainda aguçar a discriminação e não permitir mais relacionamentos que não vão de encontro com a sua essência individual e o seu caráter', afirma Juliana.

Ser você mesma quando desejar

'Você pode optar por ficar em casa sozinha com seus pensamentos e com a imaginação sem ter de corresponder a nada e nem a ninguém. Além de escutar uma boa música para relaxar e mais nada, usar as roupas que quiser, cortar o cabelo da maneira que deseja, rir alto, dançar até se acabar (inclusive com outras pessoas sem ter de estar atenta se o parceiro está de olho), ser você mesma na hora e no lugar que desejar', completa a psicóloga Juliana Bonetti.

Gasto no cartão de crédito

'Você pode usar seu dinheiro ou cartão de crédito como quiser e com o que desejar, sem dar satisfação para ninguém. Seja para cuidar de si mesma em um spa ou comprar um belo sapato, etc. Depois do casamento, o dinheiro normalmente passa a ser coletivo e, se não existir a 'vigilância' de um parceiro sobre o outro, haverá sobre o uso dos recursos', opina a psicóloga clínica Triana Portal.

Estar solteira não tem nada a ver com solidão

'É óbvio que estar solteiro implica em saber lidar com os sentimentos de carência e solidão. Você precisa aprender a se dar bem consigo mesmo, ser criativo quando está sozinho. Solteiro ou não você deve saber como viver bem', opina o psicanalista especializado em relacionamentos Sergio Savian.

'Muitas pessoas podem estar casadas, ou se relacionam com alguém e sentem-se profundamente sós. Solidão a dois é uma das mais difíceis situações, principalmente quando não há perspectivas de mudanças. Já a solteirice não: a mulher está sozinha, o que é diferente de dizer que ela vive sozinha', afirma a psicóloga clínica Maria Lúcia Beraldo.

Como tirar de letra o preconceito contra a solteirice?

'Procure conhecer a si dentro da medida do possível. Assim, você terá mais clareza sobre o que quer e como conseguir. Além disso, permita-se ter flexibilidade caso sinta que deseja mudar de ideia em algum momento. E não se case com o trabalho, mas tenha muitos amigos e projetos. Estar de bem com a vida é um pressuposto essencial para estarmos bem conosco mesmo', recomenda Maria Lúcia.

FONTE: Tempo de Mulher

Gostou? Então compartilhe:

A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.
 
TOPO
Copyright © 2015 Pra Ficar Charmosa. Designer by OT | GT