ÚLTIMAS POSTAGENS

Cabelo sexy o ano inteiro

Calendário para ter um cabelo sexy sempre

Janeiro
A temporada de sol e mar está em alta. Não deixe o vento e a maresia embaraçarem suas mechas.


SEMANA 1

Arrume o nécessaire de praia:
Protetor solar para cabelo é o anjo da guarda dos seus fios neste mês. "É produto indispensável no verão", diz Marcos Proença, hairstylist de São Paulo. "Geralmente em spray, pode vir também em óleo, nutrindo além de proteger." Os com silicone formam um filme protetor, ideal para coloridos. Além disso, leve no nécessaire de viagem xampu e condicionador de verão, que contêm FPS e detergentes suaves que retiram o acúmulo de sal e cloro sem agredir a fibra sensibilizada pelo sol. O chapéu também é um aliado e tanto na primeira semana de janeiro para manter a força e a beleza do cabelo.

SEMANA 2

Hidrate muito:
Voltou da praia linda, feliz, cheia de histórias para contar, com a pele bronzeada (exceto a sexy marquinha de biquíni) e com o cabelo em frangalhos? Faça uma power hidratação no salão. "Quem tem química - luzes, highlights, mechas ou alisamentos - precisa de um tratamento com queratina para repor esse composto perdido durante o processo de clareamento e a exposição ao sol", orienta Celso Kamura, do C.Kamura, em São Paulo. Para quem tem fios saudáveis, o hairstylist recomenda o uso de ingredientes emolientes que garantam a hidratação extra: algas marinhas, óleos de girassol, oliva, abacate... O resultado vai ser brilho de estrela de cinema e maciez de comercial de xampu.
SEMANA 3

Troque de propósito:
Quer prolongar o efeito de uma hidratação poderosa feita no salão de beleza (e também cada suado centavo investido)? Substitua o condicionador de sempre por uma boa máscara de tratamento. Você sentirá os benefícios logo nas primeiras lavagens, acredite. "Os produtos hoje agem rapidinho, no próprio chuveiro, e se beneficiam do vapor do banheiro", afirma Marco Antônio de Biaggi. Espalhe o produto por todo o comprimento (evitando a raiz), em direção às pontas, deixe agir por três minutos e enxague completamente, sem deixar vestígios. "O que sobra pode comprometer o balanço dos fios", avisa o expert. Aí é sair matando a concorrência de inveja e os gatos do coração.

SEMANA 4

Coma bem:
Não precisa colocar em risco suas curvas perfeitas conquistadas com tanto esforço. Mas, na hora de fazer o prato, pense no seu cabelo. A professora de nutrição Silvia Justini Papini, da Unesp, explica que fios danificados podem ser resultado de cardápio desequilibrado. "Para o cabelo crescer, ele consome vitaminas do complexo B - presentes no ovo, na carne vermelha, nos laticínios, nos grãos integrais. Já para controlar a oleosidade, escolha leite integral, vegetais verde-escuros e amarelo-alaranjados, batata-doce, espinafre, damasco, manga." No verão, capriche no consumo de vitamina E, que combate o envelhecimento dos fios e previne danos causados pelos raios UV. Você encontra o nutriente no azeite, no abacate, na manteiga e no gérmen de trigo.

Fevereiro
É dada a largada para a operação resgate dos fios saudáveis e com brilho.



SEMANA 1

Trate com carinho:
Comece o mês com uma hidratação que vai deixar na cabeça só as lembranças boas do verão (não fios ásperos, sem vitalidade e maciez). "Por mais que você se esforce, não adianta: a exposição ao sol acaba roubando parte do brilho, da textura e da força do cabelo", diz Cesar Augusto, hairstylist do salão Mirage Três Figueiras, em Porto Alegre. "A bola da vez para as hidratações são os óleos naturais, como de argan, uva ou pracaxi." O resultado pode durar até 30 dias (oba!) se você prometer fazer a manutenção em casa direitinho.

SEMANA 2

Renove a cor:
Já faz dois meses que você coloriu os fios, que, em média, crescem 2 centímetros por mês. A menos que seja adepta da tendência ombré hair (moda da estação passada que era ótima para justificar raízes de até 6 centímetros!), já é hora de retocar a cor, realçar a tonalidade, acender o brilho ou corrigir algum possível desbotamento. "Tingir novamente, no meio do verão, nem sempre é o mais indicado", avisa Wanda Alves, hairstylist de São Paulo. "Tonalizar é uma boa opção. O produto, sem amônia, agride menos que a tintura permanente." Os ativos mais importantes, nesse caso, são silicones, aminoácidos, queratina e colágeno. Embora o objetivo principal não seja tratar, eles protegem o cabelo enquanto o pigmento penetra. Se vai pintar em casa, escolha uma cor o mais próximo possível da sua e respeite estritamente as indicações do fabricante.

SEMANA 3

Proteja um pouco mais:
O melhor amigo do seu cabelo é o leave-in, sabia? Sem enxágue, deve ser usado no cabelo úmido logo após as lavagens. "Seu efeito é duradouro e, por esse motivo, protege e nutre continuamente", diz Luciana Alves. Existe um tipo específico para fios lisos, outros que protegem contra danos externos como secador e luz solar, para manter a forma dos crespos e ondulados... O importante é que a fórmula seja leve e não pese. "Use a quantidade equivalente a uma moeda de 10 centavos. Espalhe pelo comprimento do cabelo úmido, massageando." O leave-in deve ser usado por todos os tipos de cabelo. "Mas os que merecem cuidado extra são os quimicamente tratados, pois ficam mais rebeldes."

SEMANA 4

Corte com coragem:
Faz o sinal da cruz só de pensar em tirar as pontas dos fios? Tinha planos de começar 2012 com madeixas mais longas que seu extrato do cartão de crédito? Ainda assim, se quer continuar a ser a estrela da estação, vai precisar encarar a tesoura. "Não precisa mudar o comprimento, basta repicar, que toda a parte danificada vai embora", diz Marco Antônio de Biaggi. "Aos poucos, a mulher brasileira está aderindo aos curtos, geométricos e com base mais reta, para dar volume. Os cortes desfiados serão as estrelas do alto verão", diz Celso Kamura. E ele ainda indica o prazo máximo para corte: a cada dois ou três meses. Se você tinge ou alisa demais e as madeixas estão muito danificadas, precisa aparar o suficiente para retomar o volume ideal. As pontas jamais podem ficar ralas. Entendeu?

Março
Hora de apagar os vestígios que a estação mais quente do ano deixou nos seus fios. Como? Limpando!

SEMANA 1

Preste atenção no couro cabeludo:
Se você investe um tempão em cuidados para colocar seu cabelo na linha mas se esquece de tratar com carinho também do couro cabeludo, vai trabalhar feito uma escrava dos fios para sempre. "Para que eles já cresçam bonitos, não esfregue a pele com as unhas, enxágue bem e observe se procedimentos químicos não estão causando alergias, feridas ou descamação", alerta Cris Dios, hairstylist do Laces and Hair, em São Paulo. Caso exista alteração, procure um dermatologista. No salão, você pode recorrer a tratamentos que promovam limpeza profunda, como as esfoliações. Pentear o cabelo regularmente com uma escova com cerdas naturais também estimula a circulação e espalha a oleosidade pelos fios. Ativos calmantes, como camomila e aloe vera, são bem-vindos.

SEMANA 2

Renda-se ao pré-xampu:
Cansada de ficar debaixo da água do chuveiro esperando a máscara de tratamento fazer o efeito prometido (deixá-la com cabelo de deusa)? Tente um pré-xampu. Não sabe o que é isso? "Espalhe um óleo de última geração no cabelo seco (excluindo a raiz) e lave normalmente depois de uma hora", ensina Marco Antônio de Biaggi. Os novos óleos são capazes de penetrar no interior do fio, nutrindo as regiões mais fragilizadas, e, nesse procedimento, funcionam como uma hidratação a seco. Você vai ganhar muito brilho, nutrição e força. O ativo secreto para atravessar o último trimestre da estação? Óleo de bambu-japonês.
SEMANA 3

Limpe profundamente:
Seu cabelo está cortado, nutrido e tratado. Que tal uma limpeza para eliminar possíveis excessos? "O xampu antirresíduos ajuda a retirar o acúmulo de ativos e até de produtos químicos depositados nos fios, que apagam o brilho e acabam com o balanço do corte. No entanto, como ele abre a cutícula capilar, deixa o cabelo bastante vulnerável. Por isso, não pode ser usado todos os dias", alerta Priscott. Corre o risco até de tirar o pigmento do tonalizante, se você usa.Para os oleosos, o hairstylist recomenda uso semanal, enquanto os muito secos devem se render a ele apenas uma vez por mês. "Escolha um sem sal, que é bem mais suave e diminui bastante o risco de desbotamento da cor", sugere o especialista.

SEMANA 4

Fique longe do frizz:
O tempo está úmido e os fios novos e rebeldes começaram a arrepiar e a tirar você do sério? Manter a hidratação é fundamental para controlar a juba de leão. "Os antifrizz são ultra-hidratantes, que deixam o cabelo disciplinado", diz Proença. Ativos novos, como azeite de macadâmia e cera trioleum, têm o poder. Procure-os principalmente em séruns e reparadores de pontas. "As cacheadas devem aplicar a quantidade equivalente a uma moeda de 1 real em todo o comprimento, no cabelo encharcado. Vire a cabeça para o lado e amasse as mechas com uma toalha seca. O restante, seque com difusor", ensina Marco Antônio. Dica de ouro do expert, que vale para encaracoladas e lisas que usam o secador: para evitar o frizz, não seque totalmente, apenas cerca de 80%.

Abril
Camaleoas que são, as celebrities adoram transformar o visual para marcar a mudança de estação. Que tal entrar no clima?

SEMANA 1

Transforme com consciência:
Agora que o calor - e a umidade - diminuiu, fica mais fácil controlar o volume. Ainda acha que precisa de alisamento? As técnicas modernas levam sódio e guanidina. "O cabelo precisa estar nutrido para receber qualquer um dos dois ativos", alerta Charles Veiyga. E escolha uma linha de xampus para cabelo alisado.
SEMANA 2

Reconstrua:
Nós vimos o que você fez no verão! É preciso devolver ao fio a proteína perdida em processos químicos e físicos. Quando as madeixas estão enfraquecidas, o tratamento deve ter ativos reconstrutores de baixo peso molecular e polímeros. Eles penetram com facilidade e se depositam no fio.
SEMANA 3

Lave bem:
Tempo seco pode ser um bálsamo para quem sofre com o frizz. Mas os dias de baixa umidade e muita poluição prejudicam os fios. E mantê-los limpos é um dos segredos do sucesso. O intervalo entre as lavagens? O ideal é alternar os dias.
SEMANA 4

Finalize:
Decidiu fazer um penteado? Conte com finalizadores. Mousse define cachos e faz o look durar, se tem cabelo ondulado. As ceras dão resultado seco, sem brilho, perfeito para o estilo desarrumado. Sprays são bons para fixar franjas.

Maio


Blinde a fibra capilar para viver o outono com o cabelo que pediu a Deus.

SEMANA 1

Retoque já:
Não há tonalizante que reponha a cor a essa altura. Sem falar que a raiz deve ter crescido... É hora de retocar. Peça ao cabeleireiro para puxar a tintura para as pontas só no final, dando uma pausa mais curta. Quer mudar o tom? Marco Antônio aposta no loiro-luxuoso, com três nuances de dourado e um marrom-claro para contrastar.
SEMANA 2

Alimente o fio:
Renda-se aos combos. Pode ser reestruturação com hidratação, por causa da exposição solar e da coloração. Escolha ativos emolientes, como o óleo de milho. "Para preparar o cabelo para o frio, uma boa solução são as ampolas instantâneas", diz o hairstylist Marcio Mello, do Rio de Janeiro.
SEMANA 3

Encare a tesoura:
Lá vem ela de novo! "Os cortes bem repicados e com movimento estarão nas ruas na próxima temporada. Dos curtos aos longos. Nenhum visual será certinho", diz Luciana. Para as que não querem mudar, aparar as pontas nesta semana é fundamental.
SEMANA 4

Institua o rodízio no boxe:
Mulher esperta pratica o desapego de xampu e condicionador! Troque a dupla a cada mês. É um jeito de eliminar o acúmulo de ativos que roubam o brilho e pesam na raiz. Dessa forma, você não precisa usar o antirresíduo, que leva embora a cor. Não terminou o tubo? Troque com a amiga, a prima, a vizinha...

Junho
Antes de entregar sua cabeleira aos acessórios térmicos, você precisa tomar alguns cuidados.



SEMANA 1

Escolha o pente certo:
Pensa que é só passar a escova de cima a baixo umas 100 vezes? Nada disso. Pentear o cabelo corretamente garante que você espalhe a oleosidade natural por todo o comprimento, o que é absolutamente essencial com a chegada do inverno. "O primeiro passo é desfazer os nós. Só depois penteie tudo. Se os fios forem finos, melhor fazer isso durante o banho, com condicionador e muita delicadeza, evitando quebras", ensina Marcio Mello. Segundo o expert, a regra para escolher o pente ou a escova é simples: quanto mais grosso for o fio, maior deve ser o espaço entre as cerdas. Fácil, não é? Bônus: as naturais misturadas com sintéticas ativam a circulação do couro cabeludo e ajudam a espalhar a oleosidade.

SEMANA 2

Turbine a hidratação:
Enquanto a temperatura cai, aumenta a vontade (e a necessidade) de usar equipamentos que esquentam o cabelo. Para prevenir danos irreversíveis, invista em ativos que minimizam a inevitável perda de água. Ótimos ingredientes para essa finalidade são os vários tipos de leite, ricos em proteínas e aminoácidos. "A hora também pode ser boa para reconstrução, cauterização ou reposição de queratina - tratamentos que fecham as cutículas danificadas, uniformizando os fios", aconselha Nilton Tamba, hairstylist do Tamba Salão Boutique, em São Paulo. De qualquer forma, em casa ou no salão, o momento é de tratar com carinho dos seus fios. Só assim o brilho estará garantido.

SEMANA 3

Proteja-se do calor - do secador:
Você não precisa ser estrela da novela das 9 para querer aparecer um dia de fios lisos, no outro cacheada, no outro com um look no estilo Brigitte Bardot... Secador, chapinha e babyliss deixam seu look perfeito, mas roubam a hidratação do cabelo, principalmente quando usados com frequência. Se quiser que o seu continue lindo, jamais use essas ferramentas sem antes aplicar um bom protetor térmico, que serve como um verdadeiro escudo contra a alta temperatura desses acessórios. "Ele é leve para não interferir na estilização e é indicado a todos os tipos de cabelo", diz o hairstylist Renato Fuzz. Além disso, dá brilho e protege do calor. Depois, pode secar, chapar ou encaracolar à vontade!

SEMANA 4

Vá às compras:
Você prefere adquirir produtos novos a ter que encarar outra vez a tesoura? "Agora, no inverno, o ideal é escolher xampus e condicionadores para cabelo crespo, mesmo se você tiver fios normais ou lisos", ensina Marco Antônio. O segredo está na formulação dos produtos para cacheados. Com ingredientes umectantes poderosos, eles deixarão seus fios maleáveis, nutridos e protegidos, além de supermacios e disciplinados. Manteiga de karité é um dos ativos que as onduladas sempre usam e fará maravilhas por todas agora que o frio chegou.

Julho
A temperatura cai mais um pouco e seus fios precisam de atenção redobrada.
SEMANA 1

Acenda a luz:
Pensa que só o sol torna seu cabelo opaco? Os dias secos também fazem o fio perder umidade. Devolva a água com leave-in, que protege sem pesar. E, na hora de secar, retire o máximo da umidade com a toalha antes de ligar o secador. Além disso, prefira velocidade média e temperatura morna para agredir menos.
SEMANA 2

Procure a maciez:
Vale, de novo, trocar o condicionador comum por uma máscara de tratamento poderosa. Lembre-se apenas de não ceder à tentação de permitir que um pouco do produto continue nos fios depois que sair do chuveiro. É preciso enxaguar com-ple-ta-men-te para garantir que os resíduos não roubem o toque sedoso das mechas.
SEMANA 3

Fique amiga da escova:
Não é para utilizá-la todo dia. Segundo Flavio Priscott, o ideal é que você use secador, chapinha ou babyliss apenas em ocasiões especiais. "Depois de modelar, aplique pomada para dar brilho e selar a cutícula."
SEMANA 4

Preserve o balanço:
No inverno, o cabelo fica ressecado e a tentação de usar mil produtos é grande. "Se pintar a dúvida, vá de spray de brilho em vez de mousse. Os fios ficam nutridos e esvoaçantes", diz André Czerwinski, do salão Vimax, em São Paulo.

Agosto
Tempo de reavivar a cor, evitar a queda e blindar o fio.


SEMANA 1

Verifique se a queda é normal:
O cabelo cai por vários motivos: stress, falta de sono, má alimentação... "Perdemos mais fios no fim do outono até o meio do inverno, quando diminui a incidência dos raios UV, o que facilita a parada do crescimento", explica Ademir Júnior, médico tricologista, de São Paulo. Se o seu estiver ralo, procure um médico.

SEMANA 2

Dê o tom:
O tempo está frio? Escolha um tom quente! "As morenas ficarão lindas com marrons- claros, amendoados e mel", decreta o colorista Sergio G, do Studio W, em São Paulo. Marco Antônio lembra que o inverno trará de volta o loiro quase monocromático, com mechas em três tons dourados e um marrom-claro.
SEMANA 3

Paparique com muito carinho:
Entregue seus fios a ativos de luxo. "Ingredientes como caviar, cashmere, ostras e pérolas são ricos em vitaminas essenciais para nutrição do cabelo, proporcionando brilho e maciez com uma fórmula que combate os radicais livres e ajuda a prevenir o envelhecimento dos fios", explica Celso Kamura.

SEMANA 4

Pense nas pontas:
O reparador de pontas não pode sair da bolsa nos dias frios. Dá para aplicar no cabelo seco, sempre que sentir que os fios estão ásperos. Segundo Nilton Tamba, na lista dos ingredientes mais modernos estão os óleos, como o de pracaxi. Procure também os silicones de nova geração, que penetram no fio, colando as pontas duplas.

Setembro
É primavera, minha cara! Reinvente-se, a começar pelo cabelo.

SEMANA 1

Decida quem quer ser:
Você pode ser a senhorita certinha de coque, a espevitada de rabo de cavalo... Para estilizar os fios, as pomadas e ceras são mais pesadas, enquanto mousses e sprays (exceto os de fixação forte) não comprometem tanto o movimento. "Indico as mousses, pois são mais fáceis de acertar", conta Renato Fuzz, que ensina quem quer desfilar com penteado de capa de NOVA por aí: coloque na palma da mão uma bola do produto (do tamanho de um limão) e vá "cortando" a mousse em fatias com o auxílio de um pente e passando no cabelo. "Concentre nas pontas e no comprimento. Só use na raiz se quiser volume", diz. Essa etapa é fundamental, porque cria textura. Depois, você pode simplesmente amassar os fios e deixá-los soltos, fazer um coque displicente, da altura que preferir, ou um rabo de cavalo no topo.
SEMANA 2

Volte às raízes:
O inverno está se despedindo, e o que isso causa no seu couro cabeludo? Os probleminhas mais comuns dessa época são a caspa e a seborreia, afinal o banho nos últimos meses foi mais quente, o que agride a pele delicada do couro cabeludo. As altas temperaturas também aumentam a oleosidade porque retiram o óleo natural - e o organismo se vê obrigado a produzir mais e mais para tentar se proteger. É o chamado efeito rebote. Passe a usar a água mais fria desde já. Se a sua preocupação é oleosidade excessiva, tente usar camomila, um ótimo, natural e suave adstringente. No caso de caspa e seborreia, opte por uma linha de produtos específicos. E há uma turma disputando seus fios.

SEMANA 3

Apare as pontas:
É o começo da primavera! Que delícia! As árvores estão sendo podadas para que as flores cresçam lindas, fortes e apareçam com toda a sua força e cor. Faça o mesmo com o seu cabelo, nem que seja para cortar aqueles dois dedinhos de sempre... Tesoura ou navalha? "Os cortes com navalha são perfeitos para cabelo mais fino e ralo; já os cortes com tesoura são ideiais para fios pesados, grossos e ondulados. O resultado, no geral, é o mesmo. Usamos esses dois acessórios para que eles ajudem a dar movimento às texturas diferentes de fios", diz Charles Veiyga. Trate de confiar na escolha do seu expert.

SEMANA 4

Pegue leve:
O que importa agora é aumentar a voltagem do brilho dos seus fios, ganhar muito mais movimento e recuperar toda a elasticidade, sem perder a ternura, lógico. Procure no salão de beleza por sistemas de hidratação leves, com menor concentração de ativos. Pode ser o caso de escolher um indicado para cabelo fino. "Assim, o procedimento não corre o risco de pesar demais nos fios e, em vez de deixá-la linda, derrubar seu look", sugere o hairstylist Marcio Mello. O colágeno é um ativo maravilhoso para tratar com leveza. "Os crespos e ondulados se beneficiarão bastante com ele, porque regenera o fio, poroso por causa de tantas curvas das ondas", diz Marcio.

Outubro
Termômetros em ascensão, assim como a vontade de clarear os fios.
SEMANA 1

Combata a quebra:
Cabelo quebradiço, fraco e sensível pode ser resultado de três ações: química em excesso, oxidação pelos raios do sol ou escovação feita de forma errada. Calma, é possível reverter a situação. "A primeira atitude a tomar é, imediatamente, dar um tempo de tudo isso (tintura, alisamento, relaxamento, escova, babyliss, chapinha...) e, em seguida, escolher um tratamento de reposição de massa capilar para fazer em casa ou no salão", diz o hairstylist Cesar Augusto. Nas formulações, procure queratina, matéria-prima para fios fortes, saudáveis, brilhantes, cheios de vida e movimento.
SEMANA 2

Lustre os fios:
Espelho, espelho meu, quem tem mais brilho? Você! "Os micropolimentos capilares são uma novidade que alinha a fibra capilar, eliminando toda a porosidade", diz Sergio G. Normalmente, devido ao desgaste natural e à retenção de resíduos, formam-se irregularidades na superfície do cabelo. O sistema de polimento aumenta o brilho (porque as superfícies uniformes refletem melhor a luz), além de suavizar a textura. Para Sergio, o mais interessante desse tipo de tratamento é que, além de agir em toda a extensão do fio, da raiz às pontas, a carga condicionante não pesa. "E não altera a coloração. Ele pode ser intercalado com outros tratamentos e também ser repetido mensalmente, de acordo com a necessidade do cabelo."

SEMANA 3

Ilumine!:
Está na hora de escolher uma das cores que os experts indicaram e tingir antes que o sol suba a pino! Assim, você evita os salões lotados e chega ao mês das festas com a cor que gostará de ter no verão. Escolheu ficar mais loira? A opção tem um preço, avisa André Czerwinski. "A descoloração remove os pigmentos de cor do fio, por meio de uma reação química que amolece a queratina do cabelo, penetra na fibra e age diretamente na melanina. Quando a mulher faz um processo assim, o principal cuidado deve ser devolver os nutrientes perdidos com o procedimento", avisa o expert. Chegou a hora de se abastecer de bons xampus, condicionadores e máscaras, indicadas para cabelo que passou por processos químicos.

SEMANA 4

Faça em casa:
Que tal aproveitar o que a natureza pode oferecer para deixar o seu cabelo lindo? "Entre as máscaras naturais, as de frutas são com certeza as melhores para hidratar e restaurar os fios, por oferecerem variedade de vitaminas e minerais", diz Luciana Alves. Algumas receitinhas fáceis e poderosas:

» Abacate para hidratação turbinada: amasse meio abacate, misture 1 colher (café) de azeite de oliva e reserve. Após a lavagem habitual, aplique a mistura em todo o cabelo, mecha por mecha. Depois, envolva os fios com filme plástico e deixe agir por 20 minutos. Enxágue.
» Casca de banana para hidratação leve: bata no liquidificador 3 cascas de banana, 1 colher (café) de azeite de oliva e 2 gemas. Aplique a mistura no cabelo lavado e envolva os fios em filme plástico por 20 minutos. Enxágue.

Novembro
Olha o verão de novo aí, gente!


SEMANA 1

Mude novamente a forma:
Se você é adepta dos procedimentos químicos que controlam o volume ou dão corpo à cabeleira, é hora de uma nova carga, aproveitando que já faz um tempinho que você coloriu e o calor ainda não chegou para ficar, definitivamente. "Relaxamentos ou escovas químicas - assim como as permanentes, no caso de quem busca volume - devem ser feitos agora para o cabelo chegar ao alto verão, em janeiro e fevereiro, com sua forma perfeita", aconselha Celso Kamura. Para descobrir o procedimento ideal para você, é imprescindível pedir ao cabeleireiro que realize o teste de mecha, que verifica a compatibilidade do produto químico com seu fio. "Como a moda pede movimento, a sugestão é escolher técnicas menos severas", diz.

SEMANA 2

Aproveite a noite:
Que tal cuidar do cabelo enquanto dorme? A lista de produtos que agem à noite é imensa! "O tratamento noturno funciona porque os fios estão mais receptivos aos ativos da fórmula, livre da ação de agentes externos, como vento, sol, umidade, calor e poluição. São praticamente oito horas de cuidados ininterruptos!", diz Marcio Mello. Apostamos que você nunca tinha visto por esse lado, não é? Indicado a todos os tipos de cabelo, os tratamentos noturnos possuem variações para fios finos ou grossos.

SEMANA 3

Drible as adversidades:
Mulher de NOVA que se preze não se rende a um bad hair day de jeito nenhum! Que tal apelar para um penteado salva-vidas? "Rabos de cavalo e coques bem altos ganham destaque nesta estação mais quente, sejam arrumadinhos ou mais bagunçados. Eles mostram bem o rosto e a maquiagem", diz Flavio Priscott. Se você for adepta dos acessórios, aposte nas tiaras gregas, que serão hit no verão 2013. Se virou fã absoluta das tranças da temporada passada, não fique tímida: repita! Elas são uma ótima opção para domar as mechas em um dia de rebeldia extrema. É capaz até de as amigas que a cercam quererem copiar seu look que surgiu, quem diria, em um dia de desespero!

SEMANA 4

Elimine a oleosidade excessiva:
As temperaturas estão cada vez mais altas, o que deixa as glândulas sebáceas em polvorosa, podendo aumentar a oleosidade do couro cabeludo. "Muitas vezes o problema não é causado somente por fatores externos, por isso um dermatologista deve ser consultado se a situação for muito grave", diz Sergio G. O expert recomenda o uso de tratamentos cosméticos com ingredientes refrescantes e adstringentes, como menta e chá verde. Ou ainda limão, lima... Para não ressecar os fios, escolha xampus antioleosidade, mas mantenha o condicionador (e até a máscara), que deve passar longe da raiz. Pode parecer surpreendente, mas cabelo oleoso (assim como pele oleosa) também exige hidratação.

Gostou? Então compartilhe:

A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.
 
TOPO
Copyright © 2015 Pra Ficar Charmosa. Designer by OT | GT