ÚLTIMAS POSTAGENS

O que é Gravidez psicológica? Saiba por que ela acontece.

Quando uma mulher deseja muito engravidar e não consegue, qualquer que seja o motivo, ela pode acabar desenvolvendo uma gravidez psicológica. Esse transtorno manifesta os mesmos sintomas de uma gestação normal, mas sem que haja um bebê se desenvolvendo no útero.


Ao realizar os testes para confirmar a gestação, como exame de sangue ou ultrassom, eles apresentam resultados negativos, mesmo que o corpo indique todos os sinais de gravidez. Nesses casos, é preciso que a paciente busque um tratamento psicológico adequado para que a mente e o corpo se recuperem do transtorno.

Entenda o que é gravidez psicológica

Também chamada de pseudociese, a gravidez psicológica é um transtorno que afeta principalmente as mulheres que desejam muito engravidar e não conseguem.

Essa situação geralmente é associada a outros problemas, como desequilíbrio emocional, baixa autoestima, depressão, aborto recente ou dificuldade para engravidar devido à presença de ovários policísticos, endometriose e até mesmo infertilidade.

Outra possível causa do transtorno é o grande temor de engravidar, ocorrendo principalmente com adolescentes que estejam no início da vida sexual e não se sintam preparadas para uma gravidez. Muitas vezes, ter uma relação sexual sem preservativo é motivo para grande ansiedade e medo de engravidar, causando a gestação psicológica.

Os sinais da pseudociese são os mesmos de uma gravidez normal, incluindo enjoos, desejos alimentares, ausência da menstruação, fome e sono excessivos, crescimento da barriga e das mamas e até mesmo produção de leite materno. Isso ocorre devido ao estímulo psicológico do hipotálamo e da hipófise, regiões cerebrais responsáveis pelos sintomas da gravidez.

Para identificar a gestação psicológica, basta realizar os exames físicos como o teste caseiro de gravidez, o exame de sangue beta HCG e o ultrassom. Eles sempre mostrarão um resultado negativo, tirando a dúvida se se existe ou não uma gravidez real.

Como lidar com o transtorno

Nos casos em que a mulher deseja muito a gravidez e descobre que os sintomas de gestação na verdade eram psicológicos, pode haver um abalo emocional muito grande. A frustração e ansiedade se tornam maiores, podendo levar até mesmo a quadros de depressão.

Para aquelas que estavam com muito medo de engravidar e, por isso, desenvolveram a gravidez psicológica, basta o alívio de saber que na verdade a gestação não é real para que o corpo volte ao normal em poucos dias. Na maioria das vezes, a menstruação regulariza e os outros sintomas desaparecem espontaneamente.

Nos dois casos, mas principalmente no primeiro, o acompanhamento psicológico é muito importante. Geralmente, a mulher que passou por esse transtorno precisa utilizar medicamentos hormonais para regularizar as funções do organismo.

A terapia com um psicólogo ou psiquiatra também é indicada para eliminar as causas que levaram ao desenvolvimento da gravidez psicológica. Outro fator importante é o apoio e o carinho da família, que deve confortar a mulher e acompanhar o tratamento.

O transtorno pode acontecer com qualquer pessoa e até mesmo com animais. A melhor forma de evitá-lo é manter a ansiedade controlada e aceitar as condições naturais do organismo, podendo ser inclusive a incapacidade de engravidar. Afinal, sempre há outras alternativas para realizar o sonho de ser mãe.

Fonte

Gostou? Então compartilhe:

A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.
 
TOPO
Copyright © 2015 Pra Ficar Charmosa. Designer by OT | GT