ÚLTIMAS POSTAGENS

Enxaqueca catamenial - Entenda a dor de cabeça que acontece durante o ciclo menstrual



Ela começa cerca de dois dias antes e pode perdurar por até dois dias depois do início da menstruação. Muitas vezes é acompanhada de intolerância à luz e ao barulho, além de enjoo e mal estar. Conhecida por cerca de metade das mulheres, a enxaqueca catamenial é aquela dor de cabeça que acontece durante o ciclo menstrual e precisa ser corretamente diagnosticada e tratada. 
O estrógeno e progesterona são os principais hormônios que regulam o ciclo menstrual na mulher. Esses hormônios permanecem em níveis elevados até bem próximo ao início da menstruação, quando então seus níveis no sangue caem. É justamente essa oscilação hormonal, principalmente devido à diminuição dos níveis de estrógeno no sangue, que causa a enxaqueca catamenial. Isso porque um dos papéis do estrógeno é controlar os níveis cerebrais de serotonina, o hormônio do bem-estar. Quanto mais estrógeno, mais serotonina e, quando os níveis de estrógeno caem, os níveis de serotonina também caem. A redução da serotonina causa o aumento no organismo da chamada substância P, que atua causando vasodilatação - e é justamente esta vasodilatação a causa da enxaqueca. 
A enxaqueca pode ser acompanhada de oscilações do humor, cólicas menstruais e dores nas mamas, fazendo parte da conhecida tensão pré-menstrual, ou TPM. Mesmo as mulheres que tomam pílulas anticoncepcionais não estão livres desse tipo de enxaqueca, pois na "pausa" da tomada do medicamento também acontece esta diminuição do estrógeno.
Muitas vezes é necessário que a mulher troque o anticoncepcional na tentativa de evitar a enxaqueca catamenial. As pílulas normalmente contém estrógeno e progesterona em diferentes dosagens a depender da marca - são chamadas de anticoncepcionais combinados. Algumas pílulas de dosagem hormonal mais baixa são menos associadas à enxaqueca.
Para mulheres mais predispostas a ter a enxaqueca catamenial ou associada à pausa do anticoncepcional, as pílulas que contem apenas progesterona podem ser uma opção, além do uso dos anticoncepcionais de forma continuada, sem pausa. Uso de anti-inflamatórios alguns dias antes da menstruação também pode reduzir a enxaqueca e os sintomas da TPM.

Veja alguns alimentos que podem aumentar o nível de estrogênio e diminuir a dor:

Produtos de soja
Os produtos da soja, como o leite de soja e o tofu, aumentam os níveis de estrogênio. Para provar que a soja é bom para você, há um argumento em curso sobre a utilização da fórmula de leite de soja para crianças em que alguns afirmando que os fitoestrógenos presentes afetam as crianças do sexo masculino.

Chá de hortelã
Hortelã é consumido para controlar o crescimento excessivo de pêlos em mulheres, reduzindo a testosterona. O consumo de dois copos por dia vai ajudar a aumentar os seus níveis de estrogênio.

Inhame, batata doce e mandioca
A raiz do inhame selvagem tem sido usada durante séculos para aumentar os níveis de estrogênio. Em tribos africanas, a farinha de mandioca, batata doce e inhame são usadas para aumentar a fertilidade também. Isso explica por que algumas mulheres africanas davam à luz seis ou mais crianças sem problemas.

Linhaça
Além de ser um limpador do cólon, a semente de linhaça tem fitoestrógenos como a soja. Ela tem altos níveis de fibras e deve ser acompanhada com muita água para evitar entupimentos.



Via  - Via

Gostou? Então compartilhe:

A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.
 
TOPO
Copyright © 2015 Pra Ficar Charmosa. Designer by OT | GT